Recomendamos

Recomendamos

Recomendamos



Recomendamos

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Por que o Tablet e Celular não exibem alguns vídeos do Youtube?




“O detentor dos direitos deste vídeo não liberou a sua exibição em dispositivos móveis.”
É muito frustrante quando tentamos assistir a alguns vídeos no Youtube usando o nosso tablet ou celular e a mensagem acima aparece.
Mas qual seria o motivo de alguns vídeos do Youtube serem bloqueados para a exibição em dispositivos móveis se os nossos aparelhos suportam qualquer resolução de vídeo exibida pelo Youtube?
O motivo é bastante simples, o Google não consegue controlar que produtores de aplicativos façam e disponibilizem aplicativos que conseguem rodar os vídeos do Youtube em dispositivos móveis e isto trás um grande prejuízo tanto para o Google quanto para os produtores de vídeos.
O objetivo do Google com o Youtube é que mais e mais vídeos produzidos profissionalmente sejam disponibilizados no serviço.
Para que vídeos produzidos de forma profissional sejam colocados no Youtube o produtor do vídeo precisa gastar um bom dinheiro, já que a produção de vídeos de alta qualidade custam caro.
Para que os produtores de vídeos de alta qualidade ganhem dinheiro colocando os seus vídeos no Youtube, anúncios são exibidos durante a execução destes vídeos.
Se o Youtube não tiver anúncios para se financiar e pagar aos produtores de vídeos, não haverá nenhum produtor de vídeos querendo colocar vídeos profissionais no Youtube e a qualidade do conteúdo do site cairá muito.
E o que os dispositivos móveis tem a ver com isto?
O lance começou com o a Apple que desenvolveu o seu próprio aplicativo do Youtube para os dispositivos com IOS, o aplicativo da Apple exibia os vídeos do Youtube no entanto não exibia os anúncios do Youtube.
A Apple foi pressionada pelo Google e acabou tirando o aplicativo do Youtube da instalação padrão do IOS e também não desenvolve mais um aplicativo próprio para o Youtube, quem quer Youtube nos dispositivos IOS baixa na App Store um aplicativo disponibilizado pelo Google.
O mesmo caso ocorreu com a Microsoft, que disponibilizou um aplicativo no Windows Phone no entanto ele não exibia os anúncios.
Alguns produtores de aplicativos também desenvolveram aplicativos que bloqueiam a exibição de anúncios no aplicativo oficial do Youtube para dispositivos móveis.
Enquanto a exibição de vídeos do Youtube nos dispositivos móveis era menor que no desktop, tudo estava bem, afinal o site e os produtores de vídeo estavam ganhando uma boa grana.
Acontece que o jogo se inverteu e atualmente a exibição de vídeos do Youtube no celular e tablet é muito maior que nos computadores, e com isto a receita do site e dos produtores de vídeo começou a cair de forma acelerada.
A solução encontrada pelo Google foi dar uma opção para os produtores de vídeo para que estes liberem ou proíbam a exibição de seus vídeos nos aplicativos que podem não mostrar os anúncios que irão rentabilizar os seus vídeos.
Então, toda vez que você for assistir a um vídeo do Youtube em seu celular ou tablet e aparecer a mensagem “O detentor dos direitos deste vídeo não liberou a sua exibição em dispositivos móveis”, o motivo é que o produtor do vídeo só aceita que ele seja reproduzido em aparelhos que com certeza irão exibir anúncios durante a reprodução do vídeo.
É justo, afinal ninguém sobrevive sem dinheiro, nem a boa vontade.


0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores