Recomendamos

Recomendamos

Recomendamos



Recomendamos

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Pirataria da tv por assinatura chega aos tablets e celulares… Danou-se!

Danou-se mesmo, a pirataria da tv por assinatura que antes era uma preocupação somente para as operadoras de tv por assinatura e seus parceiros agora está se tornando uma preocupação para os próprios pirateiros, tudo por culpa de uma nova tecnologia que deve se tornar padrão para a transmissão da maior parte do conteúdo assinado ainda nesta década, a IPTV.
Simplificando a tecnologia, IPTV é a transmissão dos canais de televisão via internet o que teoricamente dá acesso para o assinante ao conteúdo de canais e vídeos assinados em qualquer local onde haja uma conexão de internet sem a necessidade de captar estes canais via satélite ou cabo.
Alguma operadoras aqui do Brasil já testaram o IPTV, é o caso da GVT com o seu receptor híbrido em que o sinal da tv nunca sai do ar, mesmo com o tempo totalmente fechado, se faltar sinal na antena de satélite o receptor automaticamente passa a captar o sinal do canal via internet para que o assinante nunca perca a programação e o receptor nunca fique sem o sinal dos canais.
A tecnologia do receptor híbrido, com captação de canais via satélite e via internet, é tão boa que será o padrão dos receptores que serão usados pela parceria Dish Network e GVT TV na nova GVT TV que começa a operar no primeiro semestre de 2014.
Mas nem tudo são flores para as operadoras de tv com a chegada do IPTV, já que a tecnologia também criou mais uma maneira dos piratas da tv por assinatura compartilharem o conteúdo dos canais pagos com seus clientes sem que eles necessitem assinar pacotes destas operadoras.
E o número de receptores piratas que oferecem suporte ao IPTV é cada dia maior, no entanto o que poderia ter se tornado só alegria para os fabricantes de receptores piratas começa a se tonar também uma dor de cabeça para eles.
Isto por que os canais IPTV de qualidade que estes piratas estão disponibilizando para os seus clientes não necessitam de um receptor para serem assistidos, basta que se saiba o link da transmissão do canal e se use um programa compatível com o protocolo sobre o qual está sendo feita a transmissão.
Geralmente os canais piratas são transmitidos em formato RTMP RTSO, M3U8 e outros.
E é esta lista de canais que está circulando na internet para quem quiser assistar aos canais pagos usando o computador, tablet ou telefone celular Android.
Para tentar se livrar do problema os pirateiros que transmitem os canais em IPTV mudam de vez em quando o link de transmissão dos canais tornando inútil as listas de canais que estão circulando, no entanto a estratégia logo se torna inútil novamente quando aparece uma nova lista de canais ativos no rede.
Um dos programas mais populares que estão sendo usados nos celulares e tablets Android é o Wondershare Player, mas para captar os canais pagos usando o programa é necessário ter uma lista de canais válidos para carregar na sessão streaming do programa.
Novos tempos, novas tecnologias, novos problemas, desta vez até mesmo para quem lucra muito pirateando os canais da tv paga.
wondershare


Read more: http://gps.pezquiza.com/operadoras-2/pirataria-da-tv-por-assinatura-chega-aos-tablets-e-celulares-danou-se/#ixzz2ih4mUCnn

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores