Recomendamos

Recomendamos

Recomendamos



Recomendamos

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

GVT TV fecha parceria com a Dish Network para ser a maior operadora de tv por assinatura do Brasil



Agora o negócio ficou sério e a Dish Network resolveu investir pesado para se tornar a maior operadora de tv por assinatura em atividade no Brasil.
A parceria da operadora de tv norte americana com a GVT TV foi fechada hoje através da Echostar, que pertence ao mesmo grupo da Dish Networks e da Hughes, e deverá manter a operadora de tv por assinatura com o nome de GVT TV que já é conhecido pelos consumidores.

No entanto, assim que a parceira conseguir todas as autorizações para começar a explorar o mercado brasileiro, Anatel e CADE, a estratégia para ganhar assinantes será agressiva.
A Hughes comprou em 2011 a posição orbital 45°W por 90 milhões de dólares e já tem um satélite, o Echostar XV, com 32 transponders Banda KU exclusivamente para a nova GVT TV.

Mas a capacidade de transmissão de canais da nova operadora não será resumida no Echostar XV, a Echostar pretende lançar mais um satélite Banda KU com maior capacidade de transmissão exclusivamente para a GVT e que vai somar os seus transponders aos 32 tps do Echostar XV.
Anunciou também que vai lançar satélites para a mesma posição orbital 45°W com capacidade de transmitir Banda Ka, para internet banda Larga, e Banda S, para rádio via satélite.
E a parceria não deve se contentar apenas com a capacidade dos satélites para servir tv por assinatura para os seus clientes, a promessa é que a GVT volta agressivamente ao mercado de IPTV para que possa oferecer tv por assinatura através desta tecnologia em todo o território nacional. O sinal do Echostar XV é fraco no sul do Brasil.

Faz parte ainda da estratégia Dish/GVT TV a abertura de uma fábrica de decoders no Brasil exclusivamente para atender a nova GVT TV.
Além dos decoders da nova operadora de tv a fábrica também vai fabricar o Sling Box, é um receptor de IPTV que conectado à internet em qualquer lugar do mundo vai permitir ao assinante da GVT TV assistir aos canais do pacote que contratou com a operadora de tv.
Apesar de ainda não haver uma data fixada para o início das operações entre Dish/GVT TV, os esforços são para que a nova operadora começa suas atividades no começo de 2014 e antes do início da Copa do Mundo.

A Dish ganha uma estrutura pronta para começar a operar enquanto a GVT TV ganha parceiros com grande poder econômico e disposição para investir muito dinheiro no mercado brasileiro.
Vem aí a maior operadora de tv por assinatura do Brasil ou as outras operadoras também vão investir com a mesma agressividade que a Dish / GVT TV?

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores