Recomendamos

Recomendamos

Recomendamos



Recomendamos

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Dólar opera em alta e volta a superar o patamar de R$ 2,30




Dólar opera em alta, com mercado atento aos Estados Unidos

Moeda volta a operar acima do patamar de R$ 2,30 nesta terça-feira.
Investidor busca sinais sobre futuro da política monetária norte-americana.

Do G1, em São Paulo
58 comentários

O dólar comercial opera em alta nesta terça-feira (13), voltando a subir acima do patamar de R$ 2,30, com investidores atentos a dados econômicos dos Estados Unidos e em busca de novos sinais sobre o futuro da política monetária norte-americana, diz a Reuters.
Perto das 12h30, a moeda registrava valorização de 0,92%, a R$ 2,3070 para a venda. Veja a cotação
A divisa não fechava acima de R$ 2,30 desde o dia 5 de agosto, quando ficou em R$ 2,3047, no maior patamar desde 31 de março de 2009.
A moeda acompanha o movimento de valorização no exterior em relação a diversas moedas após a divulgação do resultado das vendas no varejo nos Estados Unidos em julho, uma medida dos gastos do consumidor.
As vendas no varejo excluindo carros, gasolina e materiais de construção subiram 0,5% no mês passado, informou o Departamento do Comércio nesta terça-feira (13).

Foi a maior alta em sete meses, um sinal de crescimento econômico mais rápido que pode fortalecer o cenário para que o banco central do país (Federal Reserve, o Fed) reduza o programa de estímulo à economia dos EUA.
O Fed compra mensalmente US$ 85 bilhões em ativos e tem dito que pode reduzir esse ritmo quando a recuperação da maior economia do mundo estiver sólida. Nesse cronograma, o programa de estímulo monetário - chamado de "quantitative easing" - poderia ser encerrado em meados de 2014.
"O movimento hoje é de valorização do dólar no mundo devido aos melhores números da economia deles", afirmou o gerente de câmbio da Fair Corretora, Mario Battistel, à Reuters.
Assim, os operadores estão atentos à possibilidade de o Banco Central brasileiro entrar no mercado para conter a valorização da moeda dos Estados Unidos. "As duas últimas intervenções do BC ocorreram quando o dólar estava mais baixo do que está hoje", comentou um operador de banco estrangeiro.
Na segunda-feira (12), a moeda fechou com valorização após operar perto da estabilidade durante o dia. O dólar comercial subiu em linha com o movimento de valorização da divisa sobre moedas de economias avançadas e emergentes.
A moeda norte-americana avançou 0,53%, a R$ 2,2860 na venda.
A expectativa de investidores girava em torno da divulgação de bons dados econômicos dos Estados Unidos nesta semana que podem dar mais sinais sobre redução do programa de estímulo monetário do Federal Reserve (BC dos EUA).

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores